terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Texto da @FCfanaticasPLu.


Eu sou apenas alguém, ou até mesmo ninguém, talvez alguém invisível que admira a distância sem a menor esperança, de um dia tornar-me visível. E você? Você é motivo do meu amanhecer, é a minha angústia ao anoitecer. Você é o brinquedo caro, e eu, a criança pobre.
A menina solitária que quer ter o que não pode, dona de um amor sublime, mas culpado por querê-lo. Como alguém que olha na vitrine, mas jamais poderá tê-lo. Eu sei de todas as suas tristezas e alegrias, mas você não sabe nada, nem da minha fraqueza, nem da minha covardia, nem sequer que eu existo. É como um filme banal, entre a figurante e o ator principal, meu papel era irrelevante para contracenar no final.
Você é e sempre será o meu amor platônico.

10 comentários:

  1. hahaha lindooooooa amei ♥

    ResponderExcluir
  2. teeeexto liiindo ;) *--* ameeeei ;)

    ResponderExcluir
  3. Nossa,muuuuuuuuito lindo esse texto,amor,ameeeeeeii!! até chorei aqui...:'(

    ResponderExcluir
  4. maravilhoso lindooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  5. haa que lindo ! adorei o texto *-*

    ResponderExcluir

Que bom saber que você está por aqui e vai comentar em meu post! É gratificante ler um comentário seu, além de motivante, é ótimo saber que gostou da postagem. Mas, vamos ficar atentos a política de moderação de comentários: Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós. Volte Sempre. Beijos, Carol Chicorsqui!

>